Morir de Amor – Charles Aznavour e Compay Segundo

Esta música, nesta versão, primeiro estranha-se depois entranha-se.

Comigo foi assim! A primeira vez que ouvi estranhei o tom grave do grande Compay, depois andou em loop, uns bons dias, num CD no carro!

E vocês, gostam?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s