Que nadie sepa mi sufrir, Raphael

La foule, cantada por Piaf, sempre foi uma das minhas músicas favoritas da cantora.

Quando encontrei esta versão, em castelhano,  pensei que tivessem pegado na música de Piaf e traduzido para esta língua.

Mas não! A música é argentina, de 1938, e foi Piaf que pegou nela e a passou para francês. Agora fala-se muito de plágio, mas há algumas décadas era frequente haver adaptações das mesmas músicas, até por grandes artistas! Claro que não poderiam ser considerados  plágios uma vez que eram assumidos e  os direitos de autor (penso eu) eram assegurados.

Penso que, mais do que plágio, deveríamos entender isso como “Open Source“, onde não é proibido pegar em algo que já existe e a partir daí fazer melhor…

Não sei se ficou melhor, a verdade é que gosto das duas versões…

Mas as adaptações da música  não ficaram por aqui e, depois do sucesso da versão francesa, surge mais uma adaptação para o castelhano (desta vez com o nome “Amor de mis amores)  que também devem recordar, aqui cantada pelo Julio Iglesias…

Se ainda não estiverem fartos da canção, e de mim, podem ainda ouvir aqui, a versão dos Gipsy kings.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s