A geração que sai, a geração que volta, a geração que sabe…

Na Espanha, como por cá, a falta de emprego obriga milhares de jovens a deixar o seu país. Jovens qualificados que, entre outras coisas, sabem produzir vídeos que se tornam virais na Internet, muito por culpa das redes sociais.

O vídeo foi até agora visto por mais de três milhões de pessoas. Os culpados por estes jovens terem que viver longe são, segundo eles, políticos, banqueiros e empresários especuladores.

Para que uns quantos tenham cada vez mais, muitos têm que ter cada vez menos. Para que alguns conduzam carros com grandes cilindradas, e se sintam donos do mundo,  muitos têm que ir para longe dos seus. Por enquanto os que vão ainda sabem, ainda fazem.

Infelizmente a resposta à questão de Almeida Garrett:

«E eu pergunto aos economistas políticos, aos moralistas, se já calcularam o número de indivíduos que é forçoso condenar à miséria (…) para produzir um rico?»

Continua a ser muitos, cada vez mais, porque cada vez há menos para tirar a cada pobre e os ricos não abdicam de ficar cada vez… mais ricos!

Anúncios

Um pensamento sobre “A geração que sai, a geração que volta, a geração que sabe…

  1. Eu já fui das que ficou e agora sou das que parte. Tenho também consciência que, comparado com tanta outra gente, eu tive a vida facilitada ao vir para aqui. No entanto chorei lágrimas bem gordas ao ver aquelas famílias a reunirem-se para daí a dias voltarem a separar-se. Porque… simplesmente não é justo o que fazem a estas pessoas! 😦

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s