Saudades de ti

Não te conheço e tenho saudades tuas.
Sei que não és quem pareces, porque quem pareces ser não existe.

Vivo pensando que te encontro um dia,
por acaso,
ou talvez não,

E que te toco  e que me tocas,
Como me tocas, todos os dias, sem o saberes.

Por vezes durmo a teu lado
sem te tocar,

Oiço-te respirar,
sem te acordar

E tenho saudades de ter saudades de ti.

JvT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.