O fogo que há em mim

No calor do Alentejo,
Que tolda a vista e incendeia
Bem escondido perto de Évora
Há um lugar que  almejo

Uma terra onde as bombeiras são bonitas
Na Interne ou no papel
Fizeram um calendário vistoso
Estas moças de Portel!

No calor do Alentejo,
Por vezes sinto-me assim
Vejo as bombeiras e penso:

Apagariam o fogo que há em mim?

JvT – 7/12/2014

(Notícia)

Anúncios

2 pensamentos sobre “O fogo que há em mim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s