Quando alguém morre, nunca morre sozinho!

A frase não é minha. Ouvi-a há pouco num podcast da Prova Oral do Fernando Alvim. Poderia ser interpretada, ou mesmo escrita, de muitas maneiras. Poderia ser uma mensagem de esperança de que por muito que pensemos o contrário nunca estamos realmente sozinhos…. Poderia ser escrita também, por exemplo, “Quando alguém morre, nunca deveria morrer sozinho!”, o que seria completamente diferente referindo-se, neste caso, à necessidade de alguém nos acompanhar quando essa hora chegar.

No entanto, o que o Alvim quiz dizer é que quando alguém morre levará consigo a vida de alguém que, ficando vivo, perderá o sentido de viver. Eu não diria que seja sempre assim, mas é assim em muitos, muitos casos!

Quando um pai perde um filho, quando um irmão perde outro, quando um marido perde uma esposa, quando a esposa perde o marido, quando alguém perde outra que, para si, era grande parte da sua razão de viver então sim, não morre um… morrem pelo menos dois!

Todos os dias há gente que decide partir. Nunca saberei se num ato de coragem ou de cobardia. Dependerá de cada um dos casos certamente e será sobretudo uma mistura das duas situações.  Não posso, no entanto,  deixar de pensar naqueles que também matam quando pensam que se matam apenas a si. Não são apenas suicidas, são também homicidas que não temem a pena de morte! São sofredores que tentam aliviar a sua dor e que não podemos recriminar por isso, mas que semeiam dor em todos os que os amam em todos os que não conseguirão viver depois de os ver partir!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s