O poeta sem musa

Havia um poeta
que vivia numa terra distante
muito longe da nossa pequena Aldeia Lusa

Não conseguia porém
escrever poemas
nem prosa
desde que ficara sem a sua musa

Um dia pensou nas palavras de Pessoa
que dizia que o poeta fingia tão bem
que finge por vezes ser dor
a dor que deveras tem

A partir daí escreveu
todas as manhãs
fingindo que voltava a ter musa
Porque nesse dia descobriu
que para o poeta escrever
basta por vezes ter

caneta e papel

Anúncios

Um pensamento sobre “O poeta sem musa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s