L’indifférence

Circulam pelas redes sociais fotos de várias crianças mortas que deram à costa, depois de naufragarem no Mediterrâneo.

O debate do momento é se as devemos ou não partilhar. A minha primeira opção foi não o fazer, quando apareceram as primeiras. São violentas, terríveis mas, se calhar, é por isso que temos que as partilhar!

O filme mais violente que vi em toda a minha vida foi “O pianista” de Roman Polanski. Talvez não seja o filme onde se veja morrer mais gente ou onde se veja mais gente a ser torturada ou a sofrer… No entanto, quando vi o filme arrepiei-me com a indiferença com que as pessoas, em tempo de guerra, lidavam com a morte. Era só mais um corpo, só mais um cadáver. 

Ainda bem que sentimos ainda o choque ao ver estas imagens. Talvez seja um aviso… Talvez não seja tarde  se ainda nos chocamos ao vê-las!

Partilhem ou não as fotos, mas, se as virem, não fiquem indiferentes porque como diz o Becaud “Ce qui détruit le monde c’est L’indifférence

(*) Fonte da imagem: http://sol.pt/noticia/410017 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s