O cabeleireiro que ganhava demais…

O problema não está no que o cabeleireiro ganha, penso eu. Pode ser um artista, pode valer cada cêntimo que lhe pagam. Na minha opinião, o que está mal é apenas ser o povo a pagar as mordomias capilares extravagantes do seu dirigente. Numa Europa em crise, e não só de dinheiro, onde se deixam morrer crianças afogadas todos os dias por ficar caro resgatá-las e integrá-las numa velha Europa, que cheira a podre, descobrir que um chefe de estado paga   9900 euros, por mês,  para andar sempre penteado é tão escandaloso como descobrir que outro oferece ao seu sucessor um carro de 150 000, pago pelos contribuintes.

Fosse o cabeleireiro pentear qualquer estrela de roque ou de música pop, de cinema ou de TV ou ou o famoso Barroso agora que está no Privado, ou até macacos no Alentejo e não acharia muito dinheiro. Pensar que os contribuintes de um país pagam uma pequena fortuna, todos os meses, a um homem apenas para pentear outro é pornografia ao nível da que de melhor faz Erica Fontes!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s