Foi em abril

Foi em abril que te levei para apanhares aquele avião. Foi em abril, mas é  hoje, o dia em que, se tudo correr bem, te voltarei a abraçar, que mais saudades tenho de ti.

Sei que tens estado bem. Tens seguido o teu caminho e sei que dificilmente voltará a ser junto a mim. Sei que me habituarei a ver-te apenas uma vez ou duas por ano, mas hoje apetece-me dizer-te que sinto a tua falta. E mesmo que te veja  algumas vezes num ecrã, sinto falta do teu abraço, porque um transmontano também sente falta dos abraços do pai, dos amigos e dos filhos.

Até já!

Anúncios

Um pensamento sobre “Foi em abril

  1. Ai isso é que lê. Leio-o eu. E gostei muito de o ter encontrado, agora, que tenho tempo para navegar à descoberta de novas e agradáveis leituras.
    Oxalá o tal abraço tenha sido longo, apertado e gratificante. É bom abraçar quem amamos!

    Tudo de bom. Continue a escrever que tem leitora garantida. 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s