Não culpem a Cáritas, por favor!

Ontem vi o Sexta às 9  onde foi exposto o caso da Cáritas da Diocese de Lisboa que, durante a crise, amealhava os fundos que lhe davam enquanto dizia não ter dinheiro para acudir aos pobres por falta de liquidez. É fácil culpá-los por isso. É fácil ficar revoltado, como eu fiquei. É fácil ficar a pensar  antes de fazer cair  a moeda pela ranhura da latinha da próxima vez que que apelarem à nossa generosidade. É fácil perceber que não havia falta de liquidez, apenas falta de vergonha.

Tudo isso é fácil demais e por isso o meu apelo, não culpem a Cáritas, por favor!

Se consultarmos a sua página na Internet vamos pode ler na “visão”:

A Cáritas Portuguesa deve ser uma referência da prática da atividade pastoral da igreja, à luz da sua doutrina social e iluminada pela fé.

E é aqui que temos a palavra chave: Igreja.

Se a Cáritas pertence à Igreja, porque faria diferente daquilo que a Igreja sempre fez?

Basta olhar para as catedrais, para as igrejas, para as vestimentas dos cardeais, dos bispos, etc.

Apenas uma (muito) pequena percentagem dos donativos à Cáritas chega aos pobres. E que percentagem dos donativos à Igreja chega aos pobres? Será assim tão diferente? Dos milhares de Euros que chegam a Fátima, todos os meses, quantos são investidos junto de quem mais precisa?

A verdade é que na Igreja, como na Cáritas, antes dos pobres estiveram sempre os seus funcionários. E é por isso que o  presidente da Cáritas de Lisboa tem que poupar: para que um dia não falte para pagar aos cerca de 50 funcionários onde ele se inclui, evidentemente!

E assim se compreende que, de quase 300 mil euros recebidos para ajudar quem precisa, se invistam apenas cerca de 50 mil a ajudar quem mais precisa, enquanto, no banco, se acumulam milhões!

Não culpem a Cáritas, por favor! Andam há séculos a aprender com os melhores, se não soubessem ainda retirar a melhor (e maior) parte daquilo que lhes dão, o que teriam aprendido em todo este tempo?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s