Não, Scratch não é (apenas) uma linguagem de programação.

Acabado de chegar da conferência Scratch, em Bordéus. Venho mais que nunca convicto de que o Scratch não é uma linguagem de programação, ou que não é apenas isso.

Na sua conferencia plenária, Mitchel Resnick fala de quatro “P”s. Projects, Passion, Play and Peers. Claro que os projetos são programados e, nesse sentido, Scratch é uma linguagem de programação, mas a Paixão, o Jogo e a partilha com os Pares  são muito mais do que programação, são muito mais do que pensamento computacional.

Desde o primeiro momento que o projeto Scratch se preocupou com a partilha, com a criatividade. Na versão 1.4 havia um botão que permitia partilhar os projetos com a comunidade. Os projetos não são feitos para manter numa pen ou num disco rígido. Devem ser apresentados, partilhados, comentados, melhorados, remisturados. As partilhas são feitas com toda a comunidade e é de toda a comunidade que podem vir comentários, novas ideias, sugestões e, depois, novas versões dos mesmos projetos ou o início de outros.

Estamos a programar quando criamos projetos em Scratch. Mas quando os partilhamos, quando  pegamos num projeto e o analisamos, quando escrevemos ou recebemos um comentário já estamos a fazer muito mais que isso.

Se Scratch fosse apenas uma linguagem de programação seria um bom projeto, mas não seria ainda a ferramenta fantástica que é para desenvolver competências essenciais a quem utiliza os meios digitais.

Cada vez mais os nossos filhos e alunos utilizam meios digitais. O Scratch permite que percebam e que criem produtos digitais, dando asas à sua criatividade, respeitando os direitos de autor, partilhando as suas criações, inspirando-se na criatividade de milhões de Scratchers de todo o mundo.

scratch1

Neste momento são quase 20 milhões de utilizadores registados. São mais de 23 milhões de projetos partilhados e mais de 121 milhões de comentários.

Se o Scratch fosse apenas uma linguagem de programação não haveria mais comentários que projetos, não haveria discussão, apenas programação, apenas pensamento computacional.

Não é na sua complexidade que vemos o valor de um projeto, por vezes o seu valor está na sua simplicidade. É preciso pensar fora da caixa e Scratch mostra aos jovens que é possível!

E você, já conhece o Scratch?

scratch2.png

Para saber mais sobre o Scratch:

O Projeto EdusScratch

Um curso on-line sobre Scratch

Site do Scratch

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s