Um ser perdido, num mundo aparentemente perfeito

Ela dizia ser um ser perdido, num mundo aparentemente perfeito. Porque o mundo lá fora parece sempre melhor do que é. E nós tentamos corresponder ao que se espera de nós, tentando ser, pelo menos, tão perfeitos como o mundo!

Um homem não chora, uma mulher não ri. Temos todos um carro grande e muito sucesso. O mundo, visto pela lente das redes sociais, parece perfeito. Os nossos amigos passam férias fantásticas, em lugares paradisíacos onde tiram fotos fabulosas. E nós aqui, perdidos!

Somos uma geração sem sucesso, apenas porque não vemos o sucesso que temos nas pequenas coisas. Vivemos obcecados por moinhos de vento que apenas existem nas nossas cabeças. Traçamos objetivos mais relacionados com o ter que com o ser, ignorando que podemos ter muito e, mesmo assim, não sermos felizes.

O mundo não é perfeito, nem a vida dos nossos amigos é tão boa como aparente ser, no Facebook.

Esquecemos de regar as flores no nosso canteiro, invejando as que florescem no canteiro do vizinho. Esquecemos-nos de ser felizes, porque já nem sabemos o que isso é. Ou nunca soubemos. Ou nunca quisemos saber. Pensamos que nos falta sempre alguma coisa, quando o importante, muitas vezes, já está dentro de nós!

Por vezes sentimos-nos um ser perdido, num mundo aparentemente perfeito, esquecendo que provavelmente para os outros seremos apenas mais um ser perfeito num mundo aparentemente perdido!

Bom feriado!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.