Escrevo, enquanto posso

Quero escrever sobre o Brasil, enquanto posso.

Não há pior cego do que o que não quer ver e, infelizmente, a maioria dos brasileiros parecem não querer ver.

Eleger, democraticamente, um ditador que ameaça prender e matar quem pensa de modo diferente dele, que finge dar tiros para o ar e usa as armas como símbolo, que se escusa a debater e a responder a perguntas de jornalistas só é possível num país de cegos.

Poderíamos dizer que ele disfarça, que tenta esconder o que é, mas nem isso! Há videos onde diz barbaridades, onde assume o que é. Onde diz que mal seja eleito prende, fuzila, que a democracia, em que nos vamos habituando a viver, estará ameaçada.

Amigos brasileiros, talvez ainda estejam a tempo de enxergar, mas não basta abster-se, é preciso votar.

Escrevo enquanto posso, mesmo num blogue que ninguém lê. Escrevo porque hoje é no Brasil mas vejo cada vez mais gente, perto de mim, cega ou simplesmente a não querer ver. Escrevo, hoje, porque não podemos dar por certo nenhum dos direitos que temos, nem o de podermos escrever amanhã!

 

Imagem de Lucas Milanez

Anúncios

2 pensamentos sobre “Escrevo, enquanto posso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.