Sobre as fotos de perfil

Não tenho nada contra quem usa um gato, um cão, ou quem se coloca aos pares nas fotos de perfil de Facebook. Mas, na verdade, para mim, uma foto de perfil numa rede social deveria ser uma foto onde pudesse ser possível identificar a pessoa por detrás da conta.

O propósito de uma rede social é a troca de informação, mais ou menos relevantes, com outras pessoas. Nesse caso, eu gosto de saber com quem estou a trocar informação. Quando alguém reage ao que escrevo, gosto de saber quem é….

O caso é diferente, por exemplo, nos jogos on-line onde o objetivo é apenas jogar e não faz grande diferença com quem. Aí defendo o uso de fotos e nomes que digam o menos possível sobre nós.

As contas pessoais, no facebook, são apenas para entidades individuais. Abundam também as contas de projetos, de bibliotecas, de escolas… Nesse caso o Facebook prevê outras formas para se estar na rede social, sem necessidade de utilizar para isso uma conta pessoal. Essas outras formas têm ainda a vantagem de poderem ser geridas por várias pessoas. Na minha opinião, não faz sentido, e muito bem, aceitar “amizade” de uma dessas páginas e vou explicar porquê.

Quando aceitamos uma “amizade” no Facebook, estamos a criar uma relação de igual para igual. Eu vejo o mural dessa pessoa e essa pessoa vê o meu mural e o que eu publico. Quando se trata de uma instituição, deixo de saber, muitas vezes, quem gere essa conta e, assim, estou a dar acesso às minhas coisas a alguém que nem sei quem é e que me dá apenas acesso ao que publica em nome de uma instituição. Quando a instituição cria uma página eu posso seguir essa página tendo acesso ao que uma ou várias pessoas publicam em nome dessa instituição mas sem por isso dar acesso ao meu mural!

O que somos no mundo virtual, para o bem e para o mal, é uma extensão do que somos na vida real. Não acredito que quem seja brincalhão no mundo virtual não o seja também no seu dia-a-dia! Gosto de saber quem está por detrás dos perfis e isso implica ver a foto mais ou menos real.

Também sei que muitas pessoas usam a foto de perfil como modo de comunicar. Não tenho nada contra isso e eu também o faço. No entanto, isso deve ser a excepção, não a regra… Podemos colocar uma moldura ou usar a foto com alguém no seu aniversário, mas se o fizermos sempre vamos perder o impacto. Sobretudo devemos fazer isso apenas durante algum tempo.

E a confidencialidade? Na minha opinião, usar uma foto nossa não tem nada a ver com perda de confidencialidade. Somos assim, saímos todos os dias com esta cara à rua, porque não mostrá-la nas redes sociais, na nossa foto de perfil?

Esta é apenas a minha opinião, escrita num blogue que ninguém lê. Respeito todas as outras e tenho entre amigos alguns cães, muitas gatas e algumas páginas! Quase tudo o que publico é público porque acredito pouco na seleção de amigos que pudessem guardar segredos do que escrevo nas redes sociais….

Bom fim de semana!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Sobre as fotos de perfil

  1. Concordo plenamente. Uma vez que o FB tornou obrigatório o nome individual de cada um (e não o nickname que assumíamos nos Blogues) as fotos de flores, animais, etc., não deveriam ser permitidas. Estar no FB (onde tenho página, mas já fiz a despedida) deixou de ser uma opção de naturalidade. Voltei ao Blogues onde, sinceramente, me sinto muito mais à vontade.
    Bom fim de semana.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.