Embebedar-me de ti

Gostava de me embebedar de ti
Ou contigo.
Sentir o meu corpo  no teu
Até perder os sentidos
E deixar de sentir.
Se ainda é meu.

Gostava de me embebedar em ti
E saborear cada pedaço do teu corpo
Como quem bebe um copo de  vinho
Pouco a pouco
Golo a golo.

Gostava de me embebedar em ti
Mesmo que fosse caro
Como um bom vinho
Mesmo que sentisse ressaca
No dia seguinte
E saísse de finhinho
Com uma tremenda cara de pau
Como quando se bebe um mau.

Gostava de me embebedar de ti
Mesmo sabendo que seria caro
E que não tenho dinheiro
Para tal demanda
Como dizem na Holanda

Gostava de me embebedar de ti
Mesmo que a cabeça andasse à roda
Quando te fosses embora.
E eu ficasse triste sem ti
Como estou agora.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s