À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta

Muito se tem falado sobre um político que comprou um prédio, com a irmã, em Lisboa. O político já veio dizer que tudo o que fez foi legal. Eu acredito. Acredito que, a maioria das vezes, falámos do que os políticos fazem, mesmo conscientes, como neste caso, de que não cometeram nenhuma ilegalidade. Mesmo assim, não deixa de ser notícia, aquilo que fizeram, apesar de … Continue a ler À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta

Não, não havia corrupção!

Vi mais que uma pessoa defender, no Facebook, por estes dias,  que antigamente, no tempo da ditadura, é que era bom porque não havia corrupção. Por muito que me custe, tenho que concordar com quem assim escreveu! Nesse tempo, a classe política e os seus amigos eram reis e senhores. O povo servia-os por muito pouco,  quem não concordasse era preso, torturado e finalmente desterrado. … Continue a ler Não, não havia corrupção!

Não podemos deixar morrer Marielle Franco duas vezes!

Os poderosos sempre tentaram eliminara quem ousou levantar a voz contra eles. Contra isso nada podemos fazer, sempre foi assim e sempre assim será. É simples, para eles, é barato e, a maioria das vezes, funciona. A maioria das vezes todos os outros se calam também. Receiam ter um fim idêntico. O plano só falha nas poucas vezes que muitos se revoltam contra os que, … Continue a ler Não podemos deixar morrer Marielle Franco duas vezes!

Sobre demissões e demitidos

Defendi a demissão da ministra desde as primeiras mortes, em Pedrógão. Vejo que nas redes sociais  as opiniões se dividem em dois grandes grupos: Os que defendem a demissão e os que a criticam dizendo que não é isso que resolve alguma coisa. Pelos vistos, a própria ministra defendia a sua demissão. Só as imagens dela a dizer que nunca ponderou demitir-se, seguidas do que … Continue a ler Sobre demissões e demitidos

Não tenho dito nada

Não tenho dito nada Porque não tenho nada para dizer. Mas oiço as notícias, Sei que muitos já morreram, E sinto apenas um nó na garganta Que se aperta cada vez mais. Luto, comigo próprio, Num luto que deveria ser de todos nós. Mas oiço as notícias de mais fogos, Alguns de artifício, De festas, E até de bombos! Não digo nada. Não tenho nada … Continue a ler Não tenho dito nada

O preço da vergonha

Se tivesse sido a filha do Trump, talvez nem tivesse sido notícia. Não o seria aqui, no Ninguém lê, certamente. Seria a filha de um presidente de um país onde, misturada com alguma miséria, há produção, universidades, estradas, hospitais. Um país  onde se produz e gera riqueza. O pai é   presidente há menos de um ano, antes disso geria, bem ou mal, as suas … Continue a ler O preço da vergonha

E, no entanto, Portugal inteiro votou nela!

Hoje todos respiramos de alivio! Le Pen não será, para já, presidente da França. Mas teve quase 11 milhões de votos, o que equivale a mais do que toda a população de Portugal. Respiremos  de alívio porque, como se diz em Trás-os-Montes, enquanto o pau vai e vem as costas descansam. Mas não nos deixemos adormecer. Macron, ou o mal menor, ganhou e, aparentemente, o dominó … Continue a ler E, no entanto, Portugal inteiro votou nela!

São franceses, mas não nasceram em França.

Hoje que se vota em França, entre um mal e o um mal pior, vêm-me à memória franceses ilustres que não nasceram em frança mas que ajudaram a fizer da frança um grande país de artistas. Não falo do belga, Jaques Brel, que é talvez o expoente máximo da canção naquela língua, mas lembro-me do arménio, Charles Aznavour, que nasceu Shahnour Vaghinagh Aznavourian, e que … Continue a ler São franceses, mas não nasceram em França.

Salgueiro Maia

Estou a ver um documentário sobre Salgueiro Maia. Se Portugal deve alguma coisa a alguém esse alguém é ele. Esteve onde teve que estar e depois afastou-se. No documentário assumem, rindo, como lhe mentiram. Perguntou se naquele dia haveria generais no comando e asseguraram-lhe que sim, mentindo. Hoje contam isso rindo, afinal estamos em Portugal e ser Xico-esperto, em Portugal, é bem visto. No documentário … Continue a ler Salgueiro Maia