As máquinas!

Ter um blogue que ninguém lê tem as suas vantagens! Podemos ser polémicos, dizer o que nos apetece e, como ninguém lê, ninguém contesta, ninguém reclama!

Serve esta introdução para vir aqui falar mal de máquinas e de tecnologias em geral. É certo que uso uma para escrever e ainda bem, a minha caligrafia está a ficar tão pouco percetível que até eu tenho dificuldade em ler o que escrevo! Bom, mas falemos mal das outras, não desta que me é útil para… comunicar!

As de calcular, por exemplo, que os alunos levam para a escola cada vez mais cedo, e são as responsáveis por estes já não saberem o que é uma prova dos noves! E como era bom fazer uma prova dos noves, ainda se lembram?  Uma cruz num papel que criava quatro áreas separadas, depois…. bom não interessa! Se fosse só isso, estaríamos bem… Afinal ao contrário do “Ti Américo”, que tinha uma mercearia lá na aldeia e que as fazia com mestria, eu tenho vivido bem, sem elas (as provas), nos últimos 35 anos! No entanto, qualquer dia perdem também a capacidade de aplicar algoritmos, de repetir regras para obter resultados e fazer cálculos com números de 4, de 5, de 7 ou de 12 algarismos! Ah… como é bom passar uma tarde a fazer contas com os algoritmos! As saudades que tenho do da raiz quadrada e do tempo em que se aprendia no 8º ano!

E que dizer das tábuas de logaritmos? Permitem fazer complicadas multiplicações de forma simples, somando alguns números e consultando uma tabela! Parece milagre, quase tão simples como apertar meia dúzia de botões…É pena que tenham caído em desuso  e que agora, ao contrário de no meu tempo, já não venham impressas nas últimas páginas do manual adotado! Com tábuas de logaritmos sim é que era calcular! O professor até podia dizer qual a operação que resolveria o problema, poderia dizer quase tudo…. a dificuldade continuava e poucos conseguiam chegar ao resultado! Velhos tempos em que a matemática não era para qualquer um!

Continuar a ler “As máquinas!”

As tecnologias na aula de Matemática

Falar do Tempo de Teia no ninguém lê nem chega a ser publicidade. Tenho a certeza que todos os que não lêem nada por aqui ja conhecem o espaço da 3za. No entanto, não resisto a apontar para mais uma entrada desse seu espaço onde, mais uma vez, nos relata como as tecnologias (mesmo as dos sólidos invisíveis) podem ajudar os alunos a aprender mais e melhor Matemática. Obrigado 3za por mais esta partilha! Continuar a ler As tecnologias na aula de Matemática