Uma encantadora senhora

Íamos direitos ao castelo decididos a fazer uma caminhada, em Penha Garcia. Depois de umas fotos no tanque de guerra, que com os cravos e figuras humanas fazem uma composição escultórica muito interessantes, e de passar no posto de turismo, subíamos as encostas da aldeia até que, ao lado do forno comunitário, reparamos numa pequena loja de antiguidades. Entramos. A loja estava repleta de louça … Continue a ler Uma encantadora senhora

Hoje faz anos o Poeta

Hoje faz anos o poetaPorque os poetas também fazem anosTodos os anosComo nós Um diaNum dia 20 de marçoUma mãe deu à luz um filhoQue viriaComo elaA juntar palavras que rimamMuitas vezesE outrasApenas dizem coisasQue outros gostavam de dizerSem saber É por isso que gostamos do que escrevem os poetasPorque conseguem Em algumas palavrasColocar no papel o que nós só temos na almaE escrevem o … Continue a ler Hoje faz anos o Poeta

Trás-os-Montes

Ir a Trás-os-Montes é sempre uma aventura. É o cheiro da terra, são as paisagens e, sobretudo, são as pessoas. Desta vez, além das pessoas que estão por lá e que nos recebem sempre tão bem, levamos connosco outras pessoas, algumas que nem conhecíamos, com o pretexto de irmos caminhar. Foram três dias fantásticos onde, como em todas as boas aventuras, acontece de tudo. Bem … Continue a ler Trás-os-Montes

Foi bonita a festa, pá!

Ontem, um grupo de amigos, a que tenho o privilégio de pertencer, juntou-se para fazer uma festa. O pretexto foi cantarem juntos, como noutras ocasiões já foi caminharem,  jantarem ou apenas conversar. Não são meus amigos de infância, não são meus colegas de trabalho. São pessoas que entraram na minha vida, há bem pouco tempo, por um feliz acaso, e que, no entanto, parecem ter … Continue a ler Foi bonita a festa, pá!

E, de repente, tens 18 anos!

Confesso que me custa ainda a acreditar. Hoje fazes 18 anos e entras numa nova fase da tua vida. Agora és responsável pelos teus atos, ou és ainda mais responsável pelos teus atos. Não te peço que gostes de mim, nem que tenhas tempo para mim. Apenas te peço que sejas feliz. Desejo que sejas tremendamente feliz, ao meu lado ou ao lado de todos … Continue a ler E, de repente, tens 18 anos!

As calças rotas

Pessoalmente metem-me alguma confusão as calças rotas. Não que não ache a sua graça a um joelho de uma moça bonita que vai espreitando à medida que ela caminha, antes pelo contrário. Mas habituamo-nos e começamos, pouco a pouco a gostar.  Não posso, no entanto, deixar de pensar de onde virá tal moda. Lembrem-se que a tendência já começou há muito, quando, antes de rotas … Continue a ler As calças rotas

Feliz aniversário, André!

Fazes hoje anos, mais uma vez. Já lá vão vinte e três aniversários e este é o segundo que passas longe. Mas não só, espero. Este ano foi um ano especial para ti. Tiveste o teu primeiro emprego, pagaram-te, pela primeira vez, pelo teu trabalho. Ainda por cima, para fazeres o que gostas de fazer. Conheceste uma grande cidade onde viveste parte dos teus 22 … Continue a ler Feliz aniversário, André!